Parceiros

ÁFRICA

African Gong

African Gong, ou Rede Pan-Africana para a Popularização da Ciência, Tecnologia e Comunicação Científica, é uma ONG que conta com o suporte da UNESCO para atuar em todo o continente africano através de um prisma de desenvolvimento da comunicação científica, em especial para o público leigo distante das universidades. Seu principal objetivo é incentivar a criação, disseminação e utilização da ciência e tecnologia para o desenvolvimento sustentável do continente africano, gerando inclusão social além de engajamento cultural e político. O professor André Ramos, representando o Projeto Imagine e a América Latina, foi indicado como o novo embaixador do African Gong para a América Latina, posição que facilita as futuras ações do Projeto Imagine em nível global.

 

Parceiros

UJES – Universidade José Eduardo dos Santos

CE.DO – Centro de Estudos do Deserto

País com fortes ligações históricas, étnicas, idiomáticas e culturais com o Brasil, ligações estas que foram particularmente intensas no nascimento das duas nações, entre os séculos XVII e XIX, sendo que Angola se configura hoje como um dos principais parceiros do Brasil no continente Africano. Ao sul de Angola, no Deserto do Namibe, região do Kuroca, o CE.DO e a UFSC, já vem desenvolvendo um trabalho pioneiro junto às populações de pastores da região. O trabalho do CE.DO, que tem foco antropológico, social e ambiental, irá facilitar as ações do projeto Imagine nesta região, visitada pelo professor André Ramos em 2013. Em 2015, o coordenador do projeto foi convidado a visitar a UJES, no município de Huambo, a segunda maior cidade do país. Os dirigentes da UJES pretendem financiar um projeto piloto em parceria com o Imagine, com objetivo de estruturar laboratórios de ensino na instituição e capacitar professores e técnicos locais para a realização de atividades de popularização científica nos arredores de Huambo.

 

Parceiros

UHIIC – Université Hassan II Casablanca

RDH – Association les Rangs d’Honneur

As relações institucionais da UFSC com as universidades da região do Magreb, assim como as de todo o mundo árabe, eram, até hoje, praticamente inexistentes. No entanto, acreditamos que ambas as regiões teriam muito a se beneficiar de uma aproximação cultural, científica e acadêmica. O Marrocos, país de cultura milenar, resultante, principalmente, de influências berberes, árabes e europeias, atravessa, sob o comando de seu Rei Mohammed VI, que sucedeu seu pai em 1999, uma fase particularmente favorável ao desenvolvimento científico e social, fase esta representada nos últimos anos pela INDH (l’Initiative Nationale du Développement Humain). Neste contexto, a UFSC elegeu o Marrocos, a UHIIC e a RDH – que, desde 2000, já realizou mais de 150 ações de assistência médica junto a populações rurais carentes – como parceiros pioneiros nesta nova fase de suas relações internacionais com o norte da África. Na UHIIC, ações de popularização científica já foram realizadas em colaboração com a associação RDH em benefício de jovens do meio rural marroquino. Estas ações já renderam à Professora Afaf Mikou o prêmio internacional “Purkwa” 2010, concebido pelo prêmio Nobel de física G. Charpak e oferecido pela Academia de Ciências da França, que premia a alfabetização científica das crianças do planeta. As comunidades que virão a fazer parte do projeto Imagine se situam no sul do país, próximo à região de Ouarzazate.

 

MOÇAMBIQUE

Parceiros

Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional

O Ministério, através do programa “Criando os Cientistas Moçambicanos do Amanhã“, está em vias de firmar parceria oficial com o Projeto Imagine. O programa tem como objetivo criar novos cientistas através do desenvolvimento de um espírito de inquisição e investigação, sendo um dos métodos a realização de feiras de ciência e inovação tecnológica de abrangência nacional. Essas feiras são uma oportunidade de reconhecimento e auxílio financeiro a jovens de ensino médio que pretendem trilhar o caminho da ciência. O Projeto Imagine tem oferecido suporte a essa e a outras iniciativas do governo moçambicano.

 

 

 

AMÉRICA

RedPOP

A Rede de Popularização da Ciência e da Tecnologia na América Latina e no Caribe (RedPOP) é a comunidade mais importante acerca da prática e da reflexão sobre divulgação científica na América Latina e no Caribe, funcionando por meio de mecanismos de cooperação regional que facilitam o intercâmbio, o treinamento e o aproveitamento de recursos entre seus membros. Integram a RedPOP museus de ciência, centro de ciências interativos, museus de história natural, parques ambientais, zoológicos, jardins botânicos, aquários, programas de jornalismo científico, divulgação científica e educação não formal em universidades, ONGs, entre outros. Em 2016 o Projeto Imagine tornou-se membro da RedPOP.

 

 

Parceiros

UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina

Secretaria da Educação do Município de Lages

Aldeia Guarani Tekoa’Uy’A

No estado de Santa Catarina (SC), há diversas regiões que ainda carecem de uma estrutura adequada de ensino formal, seja por sua localização geográfica de difícil acesso, seja por questões sociais, históricas e étnicas, que induzem a marginalização de grupos populacionais específicos. A UFSC já atua junto a alguns destes grupos e agora, através do projeto Imagine, pretende atingir inicialmente duas comunidades. Uma na localidade da Coxilha Rica, no interior do município de Lages, onde há uma escola itinerante, e outra na aldeia Guarani Tekoa’Uy’A, localizada no município de Major Gercino.

Parceiros

UAC - Universidad Andina del Cusco

Administração do Município de Calca

O Peru, apesar de figurar entre os países sul-americanos de maior crescimento econômico na década de 2000 e de apresentar inúmeras semelhanças históricas e sociais com o Brasil, é um dos países da região com os quais a UFSC ainda mantém uma relação acadêmica incipiente. Em um país cujas relações sociais têm um forte componente étnico, a UAC se destaca como uma instituição de ensino fortemente identificada com o desenvolvimento regional e com a cultura ancestral andina. A UAC vai representar a América do Sul no projeto Imagine, viabilizando, juntamente com a administração municipal de Calca, o envolvimento das comunidades indígenas de Sacllo e Rayampata.